terça-feira, 23 de março de 2010

Recebi por e-mail

"Olá minha querida, tudo bem?
Pode ficar tranqüila que o "flagrante" que lhe dei hoje ficará entre nós.

Não querendo ser chato, ou dar uma de pai, ou de "chefe" para cima de você... Gostaria de fazer algumas considerações.
Hoje quando a vi hoje, não percebi aquele "brilho" que lhe é peculiar. Aquela alegria. O que está havendo? Por que buscas nesse amuleto chamado cigarro?

Outro dia encontrei com sua mãe e, para variar, falamos de você. Perguntei a ela se você já tinha concluído a faculdade ela me disse que ainda não. Disse a ela que seu problema é que você é muito inteligente e precisa de algo novo para motivá-la. Você tem dificuldade para se adaptar ao que é convencional. Estou errado? Disse que você deveria terminar sua faculdade para depois buscar outra identificação profissional. Mas com esse diploma você poderia mudar de cargo na empresa ou fora dela. Até citei a Natalinha como comparação.

Fernandinha, sei que você e Natália são completamente diferentes, talvez por isso a identificação. O que vc tem que pegar dela é a determinação de seguir um caminho. Repito, vc é muito inteligente, bonita, saudável, humorada, bla, bla, bla,...... Não permita que as dificuldades que surjam (seja em qualquer área de nossa vida) nos escravize ou nos imobilize impedindo nossa evolução.

Faça renascer ou deixe fluir essa sua garra nata. Não se deixe perder pela desmotivação ou desanimo ou pelo próprio excesso de motivação/inteligência que te afasta do que é convencional/rotineiro.

Não deixe apagarem essa luz maravilhosa que DEUS lhe deu. Acredito em você.
Beijos.
"


Desde então, as lágrimas não param de brotar.

3 comentários:

AD disse...

Estou vivenciando esta situação. E agora com os olhos ardendo querendo cama e com um monte de coisas para ler, simplesmente para sair da fossa onde estou. E o excesso de entusiasmo é tão foda quanto excesso de impotência.

Mulher Asterísco disse...

Querida, foco. Onde está o foco?
Pena que não posso te ajudar nisso... uso multifocal. Mas o Marcelo tem todo o meu apoio para isto.

beijo

Lobo Cinzento disse...

Fazer renascer a garra não é muito fácil não, mas é possível. Motivação é fundamental. Já dizia Meredith grey:

"Faça planos, trace objetivos, trabalhe duro para alcançá-los. Mas de vez em quando, olhe em volta, e absorva. Porque, é isso. E tudo pode desaparecer amanhã."